Beleza e cuidado

Produtos anti-idade – quando começar a usar?

Este é um tema ao qual eu sou muito sensível, pois acho que “O melhor tratamento é a prevenção” e sigo esse conceito à risca!

Na verdade, o envelhecimento cutâneo depende de vários fatores além da idade: há mulheres (e homens) com a mesma idade, mas com aparência muito diferente. Deste modo, fatores genéticos e ambientais, relacionados fortemente com o nosso estilo de vida, são essenciais para que o envelhecimento cutâneo seja mais ou menos precoce.

À medida que os anos passam, as características da pele mudam e as suas necessidades  também. Se durante a adolescência ela nos pede, maioritariamente produtos para controlar a oleosidade (Pele oleosa – o que usar), chega a uma altura em que já queremos optar por produtos anti-envelhecimento (ex. Produtos anti-envelhecimento do século XXI – Age Protect).

Genericamente podemos dizer que é por volta dos 25 anos que os especialistas aconselham que se comece a fazer a prevenção anti-envelhecimento, pois é a altura mais comum para o surgimento dos primeiros sinais visíveis, tais como pequenas rídulas e rugas nos cantos dos olhos (os pés de galinha); linhas de expressão horizontais na testa que se vão aprofundando e linhas verticais entre as sobrancelhas e entre o nariz e a boca.

Outro fator é a perda de volume e firmeza, devido à diminuição dos níveis de ácido hialurónico e da produção de colagénio. Esta perda de firmeza é mais visível nas pessoas mais magras e, por essa razão, parece que envelhecem mais depressa.

Quando falamos de produtos anti-idade, existem essencialmente dois grandes grupos: os produtos que apenas previnem e os que corrigem (que geralmente também ajudam a prevenir). Como hoje o tema são as primeiras rugas, vamos debruçar-nos no primeiro grupo.

 

O que podemos utilizar desde já?

Uma boa hidratação da pele é, muitas vezes, o suficiente para prevenir e fazer desaparecer grande parte dos sinais iniciais visíveis. Neste âmbito o foco é para os produtos com ácido hialurónico, pois o seu poder de hidratação e preenchimento ajuda a manter o volume e elasticidade da pele. Atualmente já existem produtos com ácido hialurónico de baixo e elevado pesos moleculares para reforçar esta hidratação e mantê-la mais duradoura.

Relativamente ao contorno dos olhos, por ser uma área mais delicada e onde aparecem os primeiros sinais de envelhecimento, precisa de cuidados redobrados (ex. Olhos cansados… não, obrigada!). Existem imensos produtos no mercado indicados para esta região que são hidratantes e, ao mesmo tempo, já têm uma ação anti-rugas para as primeiras linhas iniciais.

Para quem ainda está céptico em utilizar cremes de dia (ou de noite) para as primeiras rugas, pode ainda continuar com os cuidados habituais, mas adicionar um sérum (ex. à noite) que tenha alguma ação anti-envelhecimento. Para além disso, os antioxidantes (ex. vitamina C) também desempenham o seu papel nesta temática.

Contudo, o que não se pode mesmo evitar na nossa rotina diária é o protetor solar que deve ser criteriosamente escolhido de acordo com as necessidade de cada pele. Uma vez que os raios solares são a principal razão do envelhecimento cutâneo, o protetor solar é mesmo uma das personagens principais nesta história do envelhecimento da pele.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s