Lifestyle

Lisbon Restaurant Guide #2

No seguimento de Lisbon Restaurant Guide #1, e agora que os jantares de Natal são uma constante, trago ideias de alguns restaurantes que experimentei e aprovei.

 

Darwin’s Café

É um dos meus restaurantes preferidos. Localizado na Fundação Champalimaud, circundado por bonitos jardins e uma vista sobre o rio de cortar a respiração, é paragem obrigatória. A entrada do restaurante é luxuosa, deixando antever uma experiência única. De seguida toda a decoração é uma perdição, particularmente para quem está ligado à ciência. No que diz respeito à comida, fiquei bastante indecisa quando vi o menu, o que não é habitual! Na verdade, nesta última vez, haviam tantos pratos que eu gostava que foi difícil escolher. Fiquei por um delicioso pato que estava fantástico. E a sobremesa, o Bombom Champalimaud, também não ficou atrás. Uma ótima experiência gastronómica que fica ainda mais rica quando também se pode apreciar a maravilhosa vista da esplanada.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Volver de Carne y Alma

Visitei este restaurante recentemente e, tal como o nome sugere, está indicado para os amantes de carne. A decoração é bonita e singular e o staff foi muito simpático e amável. Relembrei o sabor das empanadas, o que trouxe um sentimento familiar. A apresentação do bife foi surpreendentemente simples e os acompanhamentos, servidos à parte, estavam saborosos. A sobremesa foi baseada em ananás, mas o que me deixou deliciada foi aquele último doce barquinho de caramelo, gelado e um leve toque de menta. Este restaurante localiza-se no Lumiar.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

A Adega das Gravatas

Em Carnide, este famoso restaurante alberga muita gente, o que faz dele um ideal para jantares de grupo. O nome não engana; existem milhares de gravatas a pender do teto e emolduradas. O restaurante tem várias divisões, o que permite ter alguma privacidade. Gostei bastante da comida e fiquei a saber que o bife na pedra é uma especialidade da casa. Em termos de custos é bastante mais acessível que os dois primeiros que referi.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

O Alpendre

Este restaurante é um autêntico hino a Lisboa Antiga. Está localizado perto da Igreja de Santa Maria Maior de Lisboa, mais conhecida por Sé de Lisboa, pelo que é uma zona altamente turística. Nota-se que Lisboa está na moda quando durante um almoço inteiro num restaurante sempre lotado, somos os únicos portugueses (com exceção dos elementos do staff, claro). E é mesmo por aqui que começamos… os empregados não só eram simpáticos, como eram bastante divertidos. A comida estava muito saborosa (adorei a mista de peixe). Definitivamente é uma referência.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

O Velho Farelo

Com este restaurante fiz um pouco de batota, pois ele não está localizado em Lisboa, mas sim em Carnaxide. Foi com alguma nostalgia que voltei a este restaurante depois de um interregno de quase 6 anos. E a comida continua uma delícia. Simples, saborosa e reconfortante. Tal como a Adega das Gravatas, é um ótimo sítio para jantares de grupo, com preço acessível.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Outros links neste sentido que possam interessar:

Lisbon Restaurant Guide #1

Na rota dos Hamburgueres

3 thoughts on “Lisbon Restaurant Guide #2

  1. Mariana, como já te disse (e não me canso de repetir) GOSTO MUITO dos teus posts sobre restaurantes. E aproveito para também partilhar contigo alguns onde estive recentemente. Há uns tempos tive oportunidade de ir ao Eleven, este restaurante situasse no cimo do Parque Eduardo VII e tem uma vista absolutamente deslumbrante sobre a cidade de Lisboa. Tive aqui uma experiência gastronómica totalmente diferente das que tinha tido até então, onde experimentei um camarão braseado com puré de manga e um tártaro de pargo com cebolada, que estavam absolutamente divinais. Outro foi o Via Graça, este restaurante fica localizado perto do Miradouro de Nossa Senhora do Monte e aqui temos a possibilidade de ter, verdadeiramente, “Um Jantar à Luz de Lisboa”. Para quem gosta de cozinha italiana, sugiro o Al Garage, que é, para mim, um dos melhores restaurantes italianos da nossa capital. Aqui, para quem gosta de queijo (que sei que não é o teu caso), sugiro o Pasta alla Forma, trata-se de uma massa confeccionada dentro de um queijo parmesão. E para não me alargar mais, deixo como última partilha os Bons Malandros, na Rua da Bica, onde provei, pela primeira vez, Esferificações de Mojito, tratam-se de umas esferas de mojito que rebentam quando as colocamos na boca, dando-nos uma sensação muito agradável (para quem gosta de mojito) e refrescante. E pronto… por aqui me fico, a aguardar ansiosamente, por mais sugestões. Beijinhos 😉

    Liked by 1 person

  2. Olá Henrique!
    Muito obrigada! Também adorei as tuas sugestões 🙂 Fiquei com imensa curiosidade para experimentar alguns (particularmente as esferificações de mojito). Obrigada por partilhares e tornares estas publicações mais interessantes.
    Beijinhos

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s